1. EUA impõem novas sanções a ex-ginasta olímpica e siderúrgica russa  ISTOÉ
  2. EUA proíbem entrada de 893 indivíduos, incluindo alegada amante de Putin  Observador
  3. Ucrânia. EUA proíbem entrada de 893 funcionários russos devido a guerra  Notícias ao Minuto
  4. Ver cobertura completa no Google Notícias
WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos impuseram nesta terça-feira sanções contra Alina Kabaeva, ex-ginasta olímpica que, segundo o Departamento do Tesouro norte-americano, tem uma relação próxima com o presidente russo, Vladimir Putin, na última iniciativa dos EUA em resposta à invasão russa da Ucrânia. O Departamento do Tesouro disse em nota que Kabaeva dirige oWASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos impuseram nesta terça-feira sanções contra Alina Kabaeva, ex-ginasta olímpica que, segundo o Departamento do Tesouro norte-americano, tem uma relação próxima com o presidente russo, Vladimir Putin, na última iniciativa dos EUA em resposta à invasão russa da Ucrânia. O Departamento do Tesouro disse em nota que Kabaeva dirige o

EUA impõem novas sanções a ex-ginasta olímpica e siderúrgica russa - ISTOÉ Independente

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos impuseram nesta terça-feira sanções contra Alina Kabaeva, ex-ginasta olímpica que, segundo o Departamento do Tesouro norte-americano, tem uma relação próxima com o presidente russo, Vladimir PuWASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos impuseram nesta terça-feira sanções contra Al...

EUA impõem novas sanções a ex-ginasta olímpica e siderúrgica russa - 02/08/2022 - UOL Notícias

Entre punidos, há ainda oligarcas e empresas russasEntre punidos, há ainda oligarcas e empresas russas

EUA sancionam suposta namorada de Vladimir Putin

Entre punidos, há ainda oligarcas e empresas russasEntre punidos, há ainda oligarcas e empresas russas

EUA anunciam sanções contra suposta namorada de Putin

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos impuseram nesta terça-feira sanções contra Alina Kabaeva, ex-ginasta olímpica que, segundo o Departamento do Tesouro norte-americano, tem uma relação próxima com o presidente russo, Vladimir Putin, na última iniciativa dos EUA em resposta à invasão russa da Ucrânia. O Departamento do Tesouro disse em nota que Kabaeva dirige o Grupo Nacional de Mídia, um conglomerado de televisão, rádio e jornais pró-Kremlin. Putin nega que eles tenham qualquer envolvimento romântico. A última rodada de sanções também atinge a Publichnoe Aktsionernoe Obschestvo Magnitogorskiy Metallurgicheskiy Kombinat (MMK), uma das maiores produtoras de aço do planeta, assim como seu sócio proprietário e presidente do conselho diretivo, Viktor Filippovich Rashnikov, afirmou o Tesouro. O departamento diz que a MMK é uma das maiores pagadoras de impostos da Rússia e oferece uma fonte substancial de receita para o governo russo. Washington também designou duas de suas subsidiárias, a Investitsionnaya Kompaniya MMK-FINANS, sediada na Rússia, e a MMK Metalurji Sanayi Ticaret Ve Liman Isletmeciligi Anonim Sirketi, na Turquia. O Departamento do Tesouro vai usar todas as ferramentas disponíveis para se certificar de que as elites russas e os facilitadores do Kremlin sejam responsabilizados por sua cumplicidade em uma guerra que já custou inúmeras vidas , disse a secretária do Tesouro, Janet Yellen, em nota. Juntamente com nossos aliados, os Estados Unidos vão continuar a asfixiar a receita e os equipamentos que sustentam a guerra não-provocada da Rússia na Ucrânia. (Reportagem de Daphne Psaledakis)WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos impuseram nesta terça-feira sanções contra Alina Kabaeva, ex-ginasta olímpica que, segundo o Departamento do Tesouro norte-americano, tem uma relação próxima com o presidente russo, Vladimir Putin, na última iniciativa dos EUA em resposta à invasão russa da Ucrânia. O Departamento do Tesouro disse em nota que Kabaeva dirige o Grupo Nacional de Mídia, um conglomerado de televisão, rádio e jornais pró-Kremlin. Putin nega que eles tenham qualquer envolvimento romântico. A última rodada de sanções também atinge a Publichnoe Aktsionernoe Obschestvo Magnitogorskiy Metallurgicheskiy Kombinat (MMK), uma das maiores produtoras de aço do planeta, assim como seu sócio proprietário e presidente do conselho diretivo, Viktor Filippovich Rashnikov, afirmou o Tesouro. O departamento diz que a MMK é uma das maiores pagadoras de impostos da Rússia e oferece uma fonte substancial de receita para o governo russo. Washington também designou duas de suas subsidiárias, a Investitsionnaya Kompaniya MMK-FINANS, sediada na Rússia, e a MMK Metalurji Sanayi Ticaret Ve Liman Isletmeciligi Anonim Sirketi, na Turquia. "O Departamento do Tesouro vai usar todas as ferramentas disponíveis para se certificar de que as elites russas e os facilitadores do Kremlin sejam responsabilizados por sua cumplicidade em uma guerra que já custou inúmeras vidas", disse a secretária do Tesouro, Janet Yellen, em nota. "Juntamente com nossos aliados, os Estados Unidos vão continuar a asfixiar a receita e os equipamentos que sustentam a guerra não-provocada da Rússia na Ucrânia." (Reportagem de Daphne Psaledakis)

www.swissinfo.ch