1. Incêndios em rápido movimento forçam retirada de milhares de moradores nos EUA  Terra
  2. EUA: Incêndios florestais aumentam na região da Califórnia  Terra Brasil Notícias
  3. EUA. Incêndio já consumiu mais de 12 mil hectares de área florestal  Rádio e Televisão de Portugal
  4. Ver cobertura completa no Google Notícias
O rápido incêndio McKinney no norte do Estado norte-americano da Califórnia, perto da fronteira ...O rápido incêndio McKinney no norte do Estado norte-americano da Califórnia, perto da fronteira ...

Incêndios em rápido movimento forçam retirada de milhares de moradores nos EUA

Por Kanishka Singh WASHINGTON (Reuters) - O rápido incêndio McKinney no norte do Estado norte-americano da Califórnia, perto da fronteira com o Oregon, forçou 2 mil moradores a serem retirados de suas casas enquantPor Kanishka Singh WASHINGTON (Reuters) - O rápido incêndio McKinney no n...

Incêndios em rápido movimento forçam retirada de milhares de moradores nos EUA - 31/07/2022 - UOL Notícias

Deixe um comentário nesta históriaComenteA temporada de incêndios florestais no oeste está prestes a mudar em alta velocidade na esteira de uma onda deDeixe um comentário nesta históriaComenteA temporada de incêndios florestais no oeste está prestes a mudar em alta velocidade na esteira de uma onda de

Perigo de incêndio aumenta à medida que os incêndios de McKinney se espalham no norte da Califórnia

Just a moment...

Incêndios florestais aumentaram na região da Califórnia, Montana e Idaho neste sábado (30). Na Floresta Nacional de Klamath, no norte

Incêndios florestais aumentam na região da Califórnia, nos EUA

Por Kanishka Singh WASHINGTON (Reuters) - O rápido incêndio McKinney no norte do Estado norte-americano da Califórnia, perto da fronteira com o Oregon, forçou 2 mil moradores a serem retirados de suas casas enquanto destruía infraestrutura crítica desde que começou na sexta-feira. Já o maior incêndio na Califórnia até agora este ano, o McKinney Fire no condado de Siskiyou queimou 12 mil a 16 mil hectares. O incêndio estava cerca de 1% contido a partir de sábado, de acordo com os dados mais recentes compartilhados pelas autoridades. Mais de duas décadas de seca e temperaturas crescentes, agravadas pelas mudanças climáticas, tornaram a Califórnia mais vulnerável do que nunca aos incêndios florestais. Os dois anos mais devastadores registrados foram em 2020 e 2021, com base no número de hectares queimados. O condado de Siskiyou, lar da Floresta Nacional de Klamath, tem uma população de cerca de 44 mil habitantes, de acordo com o censo norte-americano. Este é o segundo grande incêndio florestal enfrentado pela Califórnia nesta temporada após o Oak Fire perto do Parque Nacional de Yosemite, que destruiu mais de 7.500 hectares.Por Kanishka Singh WASHINGTON (Reuters) - O rápido incêndio McKinney no norte do Estado norte-americano da Califórnia, perto da fronteira com o Oregon, forçou 2 mil moradores a serem retirados de suas casas enquanto destruía infraestrutura crítica desde que começou na sexta-feira. Já o maior incêndio na Califórnia até agora este ano, o McKinney Fire no condado de Siskiyou queimou 12 mil a 16 mil hectares. O incêndio estava cerca de 1% contido a partir de sábado, de acordo com os dados mais recentes compartilhados pelas autoridades. Mais de duas décadas de seca e temperaturas crescentes, agravadas pelas mudanças climáticas, tornaram a Califórnia mais vulnerável do que nunca aos incêndios florestais. Os dois anos mais devastadores registrados foram em 2020 e 2021, com base no número de hectares queimados. O condado de Siskiyou, lar da Floresta Nacional de Klamath, tem uma população de cerca de 44 mil habitantes, de acordo com o censo norte-americano. Este é o segundo grande incêndio florestal enfrentado pela Califórnia nesta temporada após o Oak Fire perto do Parque Nacional de Yosemite, que destruiu mais de 7.500 hectares.

www.swissinfo.ch

economiaempauta.com