1. Pernambuco e Bahia lideram desemprego no país no 1º trimestre; veja taxa por estado  Globo
  2. Bahia, Pernambuco e Rio de Janeiro lideram desemprego no país no 1º trimestre, diz IBGE | NOVO DIA  CNN Brasil
  3. Bahia e Pernambuco lideram desemprego no primeiro trimestre; veja ranking  UOL
  4. Desemprego fica estável em 25 estados e no DF no 1º trimestre  R7
  5. Ver cobertura completa no Google Notícias

g1.globo.com

Se considerar todos que procuram emprego há pelo menos um ano, contingente sobe a 5 milhões, de acordo com Pnad Contínua do IBGENo primeiro trimestre de 2022, o país tinha quase 3,5 milhões de pessoas em situação de de...

Brasil tem 3,5 milhões de pessoas desempregadas há 2 anos ou mais

O rendimento médio real mensal habitual foi calculado em R$ 2.548. O valor representa elevação de 1,5% em relação ao 4º trimestre de 2021, quando atingiu R$ 2.510.O rendimento médio real mensal habitual foi calculado em R$ 2.548. O valor representa elevação de 1,5% em relação ao 4º trimestre de 2021, quando atingiu R$ 2.510.

Taxa de desemprego fica estável no primeiro trimestre, aponta IBGE | Agência Brasil

O Rio Grande do Sul trouxe no primeiro trimestre de 2022 uma queda interessante da taxa de desemprego. Calculada pelo IBGE, ela passou para 7,5%, frente a 8,1% que tinha registrado no último trimestre de 2021. Ainda está longe de Santa Catarina, com sua taxa de 4,5%, e ainda tem Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rondônia com índices menores. O Rio Grande do Sul trouxe no primeiro trimestre de 2022 uma queda interessante da taxa de desemprego. Calculada pelo IBGE, ela passou para 7,5%, frente a 8,1% que tinha registrado no último trimestre de 2021. Ainda está longe de Santa Catarina, com sua taxa de 4,5%, e ainda tem Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rondônia com índices menores.

gauchazh.clicrbs.com.br

SP é único estado em que renda do trabalho cresce, diz IBGESP é único estado em que renda do trabalho cresce, diz IBGE

Bahia e Pernambuco lideram desemprego no primeiro trimestre; veja ranking - 13/05/2022 - Mercado - Folha

Dados da Pnad Contínua, do IBGE, foram divulgados nesta sexta-feira (13)Dados da Pnad Contínua, do IBGE, foram divulgados nesta sexta-feira (13)

Bahia e Pernambuco lideram taxa de desemprego no primeiro trimestre de 2022; veja números

Bahia, Pernambuco e Rio de Janeiro amargaram as maiores taxas de desocupação entre janeiro e março, mostra IBGEBahia, Pernambuco e Rio de Janeiro amargaram as maiores taxas de desocupação entre janeiro e março, mostra IBGE

Desemprego fica estável em 25 estados e no DF no 1º trimestre - Notícias - R7 Economia

Bahia (17,6%), Pernambuco (17,0%) e Rio de Janeiro (14,9%) registraram as maiores taxas de desemprego do paísBahia (17,6%), Pernambuco (17,0%) e Rio de Janeiro (14,9%) registraram as maiores taxas de desemprego do país

BA, PE e RJ têm maiores taxas de desemprego; SC, MT e MS estão na outra ponta | O TEMPO

Santa Catarina encerrou o primeiro trimestre de 2022 com taxa de desemprego de 4,5%, o que indica uma leve alta frente ao último trimestre de 2021, quando registrou 4,3%. Mesmo assim, o Estado segue com a menor taxa de desocupação do Brasil, mostram os dados da pesquisa Pnad Contínua Trimestral, divulgada nesta sexta-feira pelo IBGE. O resultado de SC é considerado estável, mas inclui perda de 9 mil postos de trabalho em três meses. O total de desempregados em dezembro era de 172 mil e, agora, em março subiu para 181 mil.Santa Catarina encerrou o primeiro trimestre de 2022 com taxa de desemprego de 4,5%, o que indica uma leve alta frente ao último trimestre de 2021, quando registrou 4,3%. Mesmo assim, o Estado segue com a menor taxa de desocupação do Brasil, mostram os dados da pesquisa Pnad Contínua Trimestral, divulgada nesta sexta-feira pelo IBGE. O resultado de SC é considerado estável, mas inclui perda de 9 mil postos de trabalho em três meses. O total de desempregados em dezembro era de 172 mil e, agora, em março subiu para 181 mil.

SC tem taxa de desemprego de 4,5% em março, que segue a menor do Brasil | Estela Benetti | NSC Total

Vinte e seis das 27 unidades da Federação registraram taxa de desemprego considerada estatisticamente estável no primeiro trimestre; Amapá foi o único estado a ter queda no índiceVinte e seis das 27 unidades da Federação registraram taxa de desemprego considerada estatisticamente estável no primeiro trimestre; Amapá foi o único estado a ter queda no índice

Taxa de desemprego no Brasil fica estável em 11,1% no 1º trimestre, diz IBGE

Desocupação na Bahia foi de 17,6%, bem acima do nacional (11,1%)Desocupação na Bahia foi de 17,6%, bem acima do nacional (11,1%)

Bahia tem a maior taxa de desocupação do país no primeiro trimestre desse ano - Jornal Correio

Mato Grosso do Sul registrou taxa de desemprego de 6,5% no primeiro trimestre de 2022, que vai de janeiro a março. É o que aponta a Pnad Contínu...Mato Grosso do Sul registrou taxa de desemprego de 6,5% no primeiro trimestre de 2022, que vai de janeiro a março. É o que aponta a Pnad Contínu...

MS tem 3ª menor taxa de desemprego do País no trimestre, aponta o IBGE - Economia - Campo Grande News

As taxas de desemprego permaneceram estáveis em 26 estados brasileiros, tendo redução apenas no Amapá, com uma queda de 3,3%. Leia mais na Gazeta do Povo.As taxas de desemprego permaneceram estáveis em 26 estados brasileiros, tendo redução apenas no Amapá, com uma queda de 3,3%. Leia mais na Gazeta do Povo.

Taxa de desemprego permanece estável em 11,1% no primeiro trimestre

Além da maioria de desempregados negros, desigualdade também se mostra entre homens e mulheres e nas regiões do país, mostra IBGEAlém da maioria de desempregados negros, desigualdade também se mostra entre homens e mulheres e nas regiões do país, mostra IBGE

De 12 milhões de desempregados no primeiro trimestre, 64% eram negros

Segundo IBGE, desocupação no primeiro trimestre de 2022 ficou estável em relação aos três últimos meses de 2021Segundo IBGE, desocupação no primeiro trimestre de 2022 ficou estável em relação aos três últimos meses de 2021

Desemprego se mantém estável em 11,1%: veja taxa em cada estado

Taxa de desocupação do Estado reduziu 0,1 ponto percentual entre o último trimestre de 2021 e o primeiro deste anoTaxa de desocupação do Estado reduziu 0,1 ponto percentual entre o último trimestre de 2021 e o primeiro deste ano

Ceará registra 3,6 milhões de pessoas fora da força de trabalho no primeiro trimestre 

Taxa de desemprego no país ficou estável no primeiro trimestre de 2022, em 11,1%Taxa de desemprego no país ficou estável no primeiro trimestre de 2022, em 11,1%

Dos 12 milhões de brasileiros desempregados, 64% são pretos e pardos | Economia | iG

403: Access Forbidden

A taxa de desemprego ficou estável entre as regiões do país no primeiro trimestre deste ano, na...A taxa de desemprego ficou estável entre as regiões do país no primeiro trimestre deste ano, na...

Desemprego no Nordeste chega a 14,9%, mais que o dobro da taxa registrada no Sul do país; veja ranking

A Taxa de desocupação em Sergipe no primeiro  trimestre de 2022 foi de 14,9% (169 mil pessoas), sendo superior à média nacional (11,1%). Ainda, variou em -5,7p.p. em relação ao mesmo período do ano anterior (taxa de 20,7% no primeiro trimestre de 202

Desocupação em Sergipe no 1º trimestre de 2022 chega a 14,9% – Infonet – O que é notícia em Sergipe

Agropecuária, Notícias, Cotações, Defensivos, Classificados, Tempo, EventosA taxa de desocupação do país no 1° trimestre de 2022 foi de 11,1%, ficando estável em relação ao 4º trimestre de 2021 (11,1%) e caindo 3,8 p.p. frente ao mesmo trimestre de 2021 (14,9%). Frente o trimestre anterior, a taxa de desocupação ficou estável em 26 Unidades da Federação. A única queda foi no Amapá (-3,3 p. p.). As maiores taxas de desocupação foram as da Bahia (17,6%), de Pernambuco (17,0%) e Rio de Janeiro (14,9%) e as menores, de Santa Catarina (4,5%), Mato Grosso (5,3%) e Mato Grosso do Sul (6,5%).

Taxa de desemprego apresenta estabilidade

Estado apresentou índice com cerca de 6 pontos percentuais acima da média nacionalEstado apresentou índice com cerca de 6 pontos percentuais acima da média nacional

Bahia lidera ranking de desemprego do país no primeiro trimestre de 2022 - Metro 1

O Brasil encerrou o primeiro trimestre de 2022 com 4,594 milhões de desalentados, pessoas em idade de trabalhar que não procuram emprego por acreditaram que não conseguiriam uma oportunidade, por exemplo.O Brasil encerrou o primeiro trimestre de 2022 com 4,594 milhões de desalentados, pessoas em idade de trabalhar que não procuram emprego por acreditaram que não conseguiriam uma oportunidade, por exemplo.

Desalentados são 55,0% da força de trabalho potencial no 1º tri, diz IBGE - Bem Paraná

A taxa de desemprego do Acre ficou em 14,8% no 1º trimestre de 2022, 1,6% maior que o resultado do 4º trimestre de 2021,quando a desocupação foi de 13,2%. No país, no 1° trimestre de 2022, a desocupação foi de 11,1%, ficando estável em relação ao 4º trimestre de 2021 (11,1%) e caindo 3,8 p.p.…A taxa de desemprego do Acre ficou em 14,8% no 1º trimestre de 2022, 1,6% maior que o resultado do 4º trimestre de 2021,quando a desocupação foi de 13,2%. No país, no 1° trimestre de 2022, a desocupação foi de 11,1%, ficando estável em relação ao 4º trimestre de 2021 (11,1%) e caindo 3,8 p.p. […]

Desemprego cresce e informalidade avança no Acre em 2022 | ac24horas.com - Notícias do Acre

A taxa de desemprego do Acre ficou em 14,8% no 1º trimestre de 2022, 1,6% maior que o resultado do 4º trimestre de 2021,quando a desocupação foi de 13,2%. No país, no 1° trimestre de 2022, a desocu…

Desemprego cresce e informalidade avança no Acre em 2022 | ac24horas.com - Notícias do Acre

No país, a taxa de desemprego foi de 11,1%

MS tem renda média que supera R$ 2 mil e segunda menor taxa de trabalhadores autônomos - O Pantaneiro

StackPath

Taxa de desemprego fica estável em 25 Estados e no Distrito Federal - Jornal O SulTaxa de desemprego fica estável em 25 Estados e no Distrito Federal - Jornal O Sul

Taxa de desemprego fica estável em 25 Estados e no Distrito Federal - Jornal O Sul