1. Terceira dose da vacina produz células adaptadas para combater Ômicron  Super
  2. Além da covid, veja vacinas que estão com estudos avançados ou em andamento  VivaBem
  3. Duas doses da Coronavac neutralizam variante Ômicron, diz Butantan | LIVE CNN  CNN Brasil
  4. Estudos de universidades chinesas indicam que duas doses da CoronaVac protegem contra a variante Ômicron  Jovem Pan
  5. Ver cobertura completa no Google Notícias
Estudo revela que células B, responsáveis por fabricar anticorpos e guardar informações sobre o vírus, se tornam mais capazes de reconhecer e atacar a nova variante após reforço da vacina; descoberta pode afastar a necessidade de uma quarta doseEstudo revela que células B, responsáveis por fabricar anticorpos e guardar informações sobre o vírus, se tornam mais capazes de reconhecer e atacar a nova variante após reforço da vacina; descoberta pode afastar a necessidade de uma quarta dose

Terceira dose da vacina produz células adaptadas para combater Ômicron | Super

www.uol.com.br

Efetividade na geração de anticorpos neutralizantes seria próxima à obtida com o imunizante da Pfizer, mas menor do que a infecção natural pelo vírusEfetividade na geração de anticorpos neutralizantes seria próxima à obtida com o imunizante da Pfizer, mas menor do que a infecção natural pelo vírus

Estudos de universidades chinesas indicam que duas doses da CoronaVac protegem contra a variante Ômicron | Jovem Pan

g1.globo.com

Just a moment...

Segundo o Butantã, a efetividade da vacina foi comparada em quatro estudos científicos.Segundo o Butantã, a efetividade da vacina foi comparada em quatro estudos científicos.

Coronavac é tão efetiva quanto Pfizer contra Ômicron

O estudo acontece em Campinas e Araraquara desde 18 de agosto de 2021; entendaO estudo acontece em Campinas e Araraquara desde 18 de agosto de 2021; entenda

Estudo da Coronavac contra variantes entra em nova etapa em Campinas - ACidadeON Campinas

Segundo dados do Instituto Butantan, a capacidade da Coronavac é igual ou superior à da vacina da Pfizer para a mesma linhagem do coronavírusSegundo dados do Instituto Butantan, a capacidade da Coronavac é igual ou superior à da vacina da Pfizer para a mesma linhagem do coronavírus

Duas doses da Coronavac neutralizam variante Ômicron, diz Butantan - Brasil 247

Duas doses da vacina Coronavac contra o novo coronavírus, da chinesa Sinovac, "neutralizam a variante Ómicron", referem estudos fornecidos hoje pelo Instituto Butantan, que desenvolve o imunizante em solo brasileiro. 

Duas doses da Coronavac "neutralizam" Ómicron, diz laboratório brasileiro

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.Conforme resultados de pesquisa do instituto revelada à rede de notícias CNN Brasil, a efetividade da vacina foi comparada em quatro estudos científicos

Butantan: Duas doses da Coronavac neutralizam a variante Ômicron | Cotidiano | A Crítica | Amazônia - Amazonas - Manaus

Ensaio de neutralização da Ómicron pela CoronaVac, conduzido por investigadores chineses, foi publicado na segunda-feira no periódico científico Emerging Microbes&InfectionsEnsaio de neutralização da Ómicron pela CoronaVac, conduzido por investigadores chineses, foi publicado na segunda-feira no periódico científico Emerging Microbes&Infections

cnnportugal.iol.pt

www.rtp.pt

Os estudos apresentam que vacina chinesa pode neutralizar a Ómicron de forma igual ou superior à Pfizer.

Covid-19: laboratório brasileiro diz que duas doses da Coronavac "neutralizam" Ómicron - SIC Notícias

Não foram registradas hospitalizações ou óbitos. Todos tiveram formas leves da doença

Após reforço vacinal, apenas 26 participantes da pesquisa CovacManaus testaram positivo para Covid-19 - Agência Amazonas de Notícias

Os estudos divulgados pelo Instituto Butantan, que desenvolve a Coronavac no Brasil, apontaram que a capacidade da vacina chinesa para neutralizar a Ómicron é igual ou superior à da Pfizer.Os estudos divulgados pelo Instituto Butantan, que desenvolve a Coronavac no Brasil, apontaram que a capacidade da vacina chinesa para neutralizar a Ómicron é igual ou superior à da Pfizer.

Laboratório brasileiro diz que duas doses da Coronavac “neutralizam” Ómicron – Observador