1. 2020 não terá dedução no IR da contribuição ao INSS de emprego doméstico  G1
  2. IR 2020 não tem dedução de INSS de doméstico; benefício pode voltar em 2021  UOL
  3. Imposto de Renda: governo extingue dedução do INSS de domésticas  Metrópoles
  4. Governo acaba com dedução de empregado doméstico no IR  Valor Econômico
  5. Dedução de empregado doméstico no Imposto de Renda é extinta  Folha de S.Paulo
  6. Ver cobertura completa no Google Notícias

Quem tem empregado doméstico não poderá deduzir os gastos com INSS do Imposto de Renda deste ano. A Receita Federal já havia anunQuem tem empregado doméstico não poderá deduzir os gastos com INSS do Imposto de Renda des...

IR 2020 não tem dedução de INSS de doméstico; benefício pode voltar em 2021 - 13/01/2020 - UOL Economia

O Ministério da Economia estima arrecadar R$ 700 mi com a mudança. Até 2019, era possível abater os gastos inferiores a R$ 1,2 mil

Imposto de Renda: governo extingue dedução do INSS de domésticas

Renúncia fiscal instituída em 2006 perdeu a validade; senador Reguffe chegou a apresentar um projeto de lei para prorrogar o incentivo em cinco anos, mas o texto foi votado apenas no SenadoRenúncia fiscal instituída em 2006 perdeu a validade; senador Reguffe chegou a apresentar um projeto de lei para prorrogar o incentivo em cinco anos, mas o texto foi votado apenas no Senado

Empregadores domésticos não poderão mais deduzir previdência do trabalhador de seu IRPF - Economia - Estadão

“Bolsonaro diz querer reduzir carga tributária e desemprego só da boca p/ fora: o fim da dedução dos trabalhadores domésticos no IR, aumenta o peso dos impostos, além d estimular demissões e aumento d informalidade! Reverteremos essa injustiça no Congresso! https://t.co/AQwwk4BsIy”

Randolfe Rodrigues on Twitter: "Bolsonaro diz querer reduzir carga tributária e desemprego só da boca p/ fora: o fim da dedução dos trabalhadores domésticos no IR, aumenta o peso dos impostos, além d estimular demissões e aumento d informalidade! Reverteremos essa injustiça no Congresso! https://t.co/AQwwk4BsIy"

Lei foi criada em 2006, no governo Lula. Era incentivo à contratação com carteira. Leia no Poder360Lei foi criada em 2006, no governo Lula. Era incentivo à contratação com carteira. Leia no Poder360

Governo acaba com dedução de empregado doméstico no Imposto de Renda | Poder360

Em 2020, os patrões não poderão mais fazer dedução no IR de Pessoa Física dos gastos com encargos previdenciários de empregados domésticos.Em 2020, os patrões não poderão mais fazer dedução no IR de Pessoa Física dos gastos com encargos previdenciários de empregados domésticos.

Imposto de Renda: Governo acaba com dedução de gastos com empregados domésticos

Bolsonaro acaba com a dedução do emprego doméstico no Imposto de Renda, o que estimula a contratação informalDo Poder360: O INSS pago por patrões de empregados domésticos não pode mais ser descontado do IR (Imposto de Renda). Até 2019 era possível abater os gastos de até R$ 1,2 mil. No entanto, o benefício não foi prorrogado e não poderá ser utilizado nas declarações de 2020. Com isso, a arrecadação do governo aumenta […]

Bolsonaro acaba com a dedução do emprego doméstico no Imposto de Renda, o que estimula a contratação informal

Jornal Contábil um dos maiores portais de notícias do BrasilJornal Contábil um dos maiores portais de notícias do Brasil

Dicas sobre Imposto de Renda 2020 – Jornal Contábil - Um dos Maiores Portais de Notícias do Brasil

Receita Federal paga, na quarta-feira (15), R$ 6,9 milhões a 2.216 contribuintes em Mato Grosso do Sul, referente ao lote residual de restituição do Impos...Receita Federal paga, na quarta-feira (15), R$ 6,9 milhões a 2.216 contribuintes em Mato Grosso do Sul, referente ao lote residual de restituição do Imposto de Renda...

Mais de 2 mil recebem R$ 6,9 milhões do Imposto de Renda nesta semana - Correio do Estado

Empregador não pode deduzir o INSS do trabalhador doméstico do IR devido. Dedução era feita até 2019, mas não vale mais para 2020. Leia na Gazeta do Povo.Empregador não pode deduzir o INSS do trabalhador doméstico do IR devido. Dedução era feita até 2019, mas não vale mais para 2020. Leia na Gazeta do Povo.

INSS de domésticas não pode mais ser abatido do IR dos empregadores

Os empregadores não podem mais abater INSS de domésticas do IR. A Lei 11.324, que criou o benefício em 2002, estabeleceu que o abatimento da contribuiçãoOs empregadores não podem mais abater INSS de domésticas do IR. A Lei 11.324, que criou o benefício em 2002, estabeleceu que o abatimento da contribuição

Os empregadores não podem mais abater INSS de domésticas do IR