1. Líder do PSL diz que governo tem 'derrota certa' no decreto de armas e critica articulação  Alagoas 24 Horas
  2. CCJ do Senado pode votar nesta quarta suspensão do decreto das armas  Brasil 247
  3. Líder do PSL diz que governo tem 'derrota certa' no decreto de armas e critica articulação  G1
  4. CCJ deve decidir nesta quarta sobre decreto das armas; relator defende mudanças  Jovem Pan
  5. Comissão do Senado pode votar nesta quarta-feira proposta que visa suspender decreto das armas  G1
  6. Ver cobertura completa no Google Notícias
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado se reunirá nesta quarta-feira (12) para decidir se aprova um parecer favorável à suspensão do decreto de Jair Bolsonaro que mudou as regras de uso de armas e de munições, facilitando o porte; senadores aliados dizem que o cenário na CCJ é "negativo", e o governo pode ser derrotado

CCJ do Senado pode votar nesta quarta suspensão do decreto das armas | Brasil 247

Por 15 votos a 9, a Comissão de Constituição e Justiça do Senado acaba de derrubar o decreto de facilita o acesso a armas assinadoPor 15 votos a 9, a Comissão de Constituição e Justiça do Senado acaba de derrubar o decreto de facilita o acesso a armas assinado

CCJ do Senado suspende decreto das armas

Ministro se ofereceu para ir ao Congresso e será ouvido em sessão da CCJ da CasaMinistro se ofereceu para ir ao Congresso e será ouvido em sessão da CCJ da Casa

Moro vai ao Senado na próxima semana para falar sobre conversas vazadas - 11/06/2019 - Poder - Folha

Apesar de Sérgio Moro ter se disponibilizado a prestar esclarecimentos à CCJ do Senado, a comissão não deve recebê-lo na dataApesar de Sérgio Moro ter se disponibilizado a prestar esclarecimentos à CCJ do Senado, a comissão não deve recebê-lo na data

CCJ do Senado não deve receber Moro na data pretendida pelo ministro

Partidos da oposição brasileira afirmaram esta segunda-feira que tentarão impedir votações no Congresso até que o atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, seja afastado do seu cargo por supostas ações ilegais na Operação Lava Jato, segundo a imprensa local.Partidos da oposição brasileira afirmaram esta segunda-feira que tentarão impedir votações no Congresso até que o atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, seja afastado do seu cargo por supostas ações ilegais na Operação Lava Jato, segundo a imprensa local.

Oposição quer bloquear Congresso brasileiro até que Moro seja afastado

Na Câmara, deputados articulam uma convocação do ministro em plenário. Deltan Dallagnol também é alvo de investidas

Joice: Moro irá ao Congresso "espontaneamente" para evitar convocação

O ministro da Justiça brasileiro, Sergio Moro, vai na próxima quarta-feira, dia 19, à Comissão de Constituição e Justiça do Senado depor sobre a troca de mensagens que coloca em causa a imparcialidade da operação Lava Jato.O ministro da Justiça brasileiro, Sergio Moro, vai na próxima quarta-feira, dia 19, à Comissão de Constituição e Justiça do Senado depor sobre a troca de mensagens que coloca em causa a imparcialidade da operação Lava Jato.

Sérgio Moro vai ao Senado depor sobre troca de mensagens polémicas

De todas as mensagens roubadas da Lava Jato, só uma pode ser interpretada como uma espécie de aconselhamento de Sergio Moro a Deltan Dallagnol: aquela em que o juiz indica uma testemunha disposta a falar sobre os imóveis do filho de Lula...

A defesa da Lava Jato - O Antagonista

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) manteve o silêncio sobre o vazamento de mensagens do ministro Sergio Moro e encerrou uma entrevista coletiva ao ser questionado sobre o assunto nesta terça-feira (11) em São Paulo. Bolsonaro finalizou abruptamente a coletiva quando uma rep&oacute...O presidente Jair Bolsonaro (PSL) manteve o silêncio sobre o vazamento de mensagens do ministro Sergio Moro e encerrou uma entrevista coletiva ao ser questionado sobre o assunto nesta terça-feira (11) em São Paulo. Bolsonaro finalizou abruptamente a coletiva quando uma rep&oacute...

Bolsonaro encerra entrevista ao ser questionado sobre situação de Moro - TNH1

Apesar do relator favorável ao decreto do presidente, base aliada no Senado acredita que CCJ deverá aprovar veto à flexibilização de armasApesar do relator favorável ao decreto do presidente, base aliada no Senado acredita que CCJ deverá aprovar veto à flexibilização de armas

Comissão no Senado analisa veto a decreto de armas

Até domingo Moro ainda tinha a Lava Jato e a mídia a seu favor. Hoje, não mais. Virou bagaço de laranja em menos de 48h. Um Eduardo Cunha depois do impeachment da Dilma. Até domingo Moro ainda tinha a Lava Jato e a mídia a seu favor. Hoje, não mais. Virou bagaço de laranja em menos de 48h. Um Eduardo Cunha depois do impeachment da Dilma.Até domingo Moro ainda tinha a Lava Jato e a mídia a seu favor. Hoje, não mais. Virou bagaço de laranja em menos de 48h. Um Eduardo Cunha depois do impeachment da Dilma. Até domingo Moro ainda tinha a Lava Jato e a mídia a seu favor. Hoje, não mais. Virou bagaço de laranja em menos de 48h. Um Eduardo Cunha depois do impeachment da Dilma.

Bolsonaro vai se livrar de Moro | Revista Fórum

O ministro Sergio Moro, vai ao Senado, no próximo dia 19, prestar esclarecimentos sobre as mensagens divulgadas pelo site The Intercept. Leia mais.O ministro Sergio Moro, vai ao Senado, no próximo dia 19, prestar esclarecimentos sobre as mensagens divulgadas pelo site The Intercept. Leia mais.

Moro promete ir ao Senado para falar sobre mensagens vazadas | Tribuna do Paraná

Ministro se colocou à disposição para explicar conversas com o MPF que foram vazadas; oposicionistas articulavam requerimento para convocá-loMinistro se colocou à disposição para explicar conversas com o MPF que foram vazadas; oposicionistas articulavam requerimento para convocá-lo

Moro se antecipa à oposição e vai depor em comissão do Senado no dia 19 | VEJA.com

A CCJ do Senado marcou para semana que vem votação de convocação de Deltan Dallagnol. Leia no Blog do Esmael.A CCJ do Senado marcou para semana que vem votação de convocação de Deltan Dallagnol. Leia no Blog do Esmael.

URGENTE: Senado marca votação de convocação de Deltan Dallagnol

Relembre momentos em que a parcialidade de Sergio Moro foi questionada na JustiçaPublicado originalmente no Justificando Fatos demonstram que as conversas divulgadas pelo site The Intercept no último domingo, se comprovados, (9) são apenas mais alguns documentos, provas materiais, que explicitam a ausência de imparcialidade na atuação de Moro. No próximo dia 25 de junho, uma terça-feira, o Supremo Tribunal Federal (STF) julgará o habeas corpus da […]

Relembre momentos em que a parcialidade de Sergio Moro foi questionada na Justiça

Attention Required! | Cloudflare

O ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública) irá em 19 de junho, às 9h, ao Senado prestar esclarecimentos sobre asO ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública) irá em 19 de junho, às 9h, ao Senado ...

Moro vai ao Senado dia 19 para explicar conversa vazada com Deltan - 11/06/2019 - UOL Notícias

Agência Brasil - 2019/06/11Marcelo Ruiz - 2019/06/11

Sergio Moro irá ao Senado para falar sobre suposta troca de mensagens | Metro Jornal

O ministro da Justiça e Segurança Pública, https://www.nsctotal.com.br/tag/sergio-moro">Sergio Moro, vai depor na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado na próxima semana. A audiência foi marcada para o dia 19, às 9h. O ministro prestará esclarecimentos depois do vazamento de mensagens trocadas entre o ex-juiz e o procurador Deltan Dallagnol.O ministro da Justiça e Segurança Pública, https://www.nsctotal.com.br/tag/sergio-moro">Sergio Moro, vai depor na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado na próxima semana. A audiência foi marcada para o dia 19, às 9h. O ministro prestará esclarecimentos depois do vazamento de mensagens trocadas entre o ex-juiz e o procurador Deltan Dallagnol.