1. Mãe de menino de 9 anos esquartejado no DF disse à polícia que 'sentia ódio e nenhum amor pela criança'  G1
  2. Desdobramentos finais do caso Rhuan  Jornal de Brasília
  3. Pena de casal acusado de esquartejar Rhuan pode chegar a 57 anos  Correio Braziliense
  4. Laudo revela que Rhuan levou 12 facadas e foi degolado vivo  Metrópoles
  5. DF: Laudo revela que Rhuan levou 12 facadas e foi degolado vivo pela mãe com ajuda da companheira dela  Fato Amazônico
  6. Ver cobertura completa no Google Notícias
Rosana Cândido e companheira serão indiciadas por homicídio, tortura, ocultação de cadáver, lesão corporal e fraude processual. Crime ocorreu em 31 de maio. Rosana Cândido e companheira serão indiciadas por homicídio, tortura, ocultação de cadáver, lesão corporal e fraude processual. Crime ocorreu em 31 de maio.

Mãe de menino de 9 anos esquartejado no DF disse à polícia que 'sentia ódio e nenhum amor pela criança' | Distrito Federal | G1

No último dia 31 de maio um casal lésbico executou um menino num crime que chocou o Brasil pelos requintes de crueldade e a barbaridade usados.RhuanNo último dia 31 de maio um casal lésbico executou um menino num crime que chocou o Brasil pelos requintes de crueldade e a barbaridade usados.Rhuan

Porque imprensa omitiu Casal de lésbicas que cortou o pênis,matou ,degolou e esquartejou criança? - O buxixo Gospel

O resultado do laudo cadavérico detalha a crueldade com que Rhuan Maycon da Silva Castro, 9 anos, foi assassinado em Samambaia. De acordo com a Polícia Civil, o menino levou 12 facadas, sendo uma no peito enquanto dormia. Assustada, a vítima ainda se levantou e ficou ajoelhada ao lado da…O resultado do laudo cadavérico detalha a crueldade com que Rhuan Maycon da Silva Castro, 9 anos, foi assassinado em Samambaia. De acordo com a Polícia Civil, o menino levou 12 facadas, sendo uma no peito enquanto dormia. Assustada, a vítima ainda se levantou e ficou ajoelhada ao lado da…

DF: Laudo revela que Rhuan levou 12 facadas e foi degolado vivo pela mãe com ajuda da companheira dela | Fato Amazônico

A mãe do menino e a companheira dela praticaram o crime com requintes de crueldade A mãe do menino e a companheira dela praticaram o crime com requintes de crueldade

Laudo revela que menino de 9 anos levou 12 facadas e foi degolado vivo, no DF Notícias do Brasil

Barbárie foi cometida pela própria mãe e a companheira em Samambaia. Elas estão presas, serão indiciadas e podem pegar até 57 anos de cadeia

Laudo revela que Rhuan levou 12 facadas e foi degolado vivo

O caso Rhuan Maycon foi uma atrocidade notória. Nesse sentido, o cantor Bucheca resolveu usar suas redes sociais ontem (8), para expor seu descontentamento.O caso Rhuan Maycon foi uma atrocidade notória. Nesse sentido, o cantor Bucheca resolveu usar suas redes sociais ontem (8), para expor seu descontentamento.

Buchecha detona ativismo LGBT+ em relação ao caso Rhuan Maycon

O resultado do laudo cadavérico do menino Rhuan Maycon da Silva Castro, de 9 anos, revela que o menino levou 12 facadas, sendo uma no peito enquanto dormia. De acordo com a Polícia Civil, ele ainda se assustou e se levantou da cama, ficando ajoelhado ao lado dela antes de receber mais golpes. As informações […]

Laudo mostra que menino Rhuan foi degolado vivo pela própria mãe - ISTOÉ Independente

O músico Bucheca usou as redes sociais para criticar os ativistas LGBT pelo silêncio no caso Rhuan Maycon. O menino Rhuan Maycon, de 9 anos, foi esquartejado e teve o órgão sexual mutilado pois a mãe, Rosana Auri da Silva Cândido e a companheira dela, Kacyla Priscyla Santiago, queriam que 'ele fosse menina'. O MC,…O músico Bucheca usou as redes sociais para criticar os ativistas LGBT pelo silêncio no caso Rhuan Maycon. O menino Rhuan Maycon, de 9 anos, foi esquartejado e teve o órgão sexual mutilado pois a m…

Buchecha detona militância LGBT por silêncio com relação ao caso Rhuan Maycon

"É estarrecedor o silêncio dos ativistas cristãos e não cristãos quanto ao caso do menino Rhuan", desabafou"É estarrecedor o silêncio dos ativistas cristãos e não cristãos quanto ao caso do menino Rhuan", desabafou

Caso Rhuan: Pastores detonam silêncio dos "ativistas cristãos de esquerda"